Luma Elora Aislin

Luma Elora Aislin
Sabá de Ostara

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Um poema especial....


Idiotia
por Von Gothia

Doce segredo de mim mesmo,
Que se perde por campos alvos,
Aonde se perde um lar,
Aonde se esconde um olhar.

Números, sílabas, cumprimentos,
Uma sucessão de momentos,
Intrigantes conspirações,
Oh, afinal, quem sou eu?

Ruge o vento,Voa a águia,
Resplandescente a risca do Sol,
O mundo volta a brilhar.

Ao som do mar ao fundo,
Foram da vida apenas um olhar,
Retirando esplendidamente deste seio,
Idiotia, sois meu lar!

Von Gothia, um poeta que poetando vai pela madrugada e encontra o sussuro de fora, iluminado no seu sensível interior

5 comentários:

luizvalim disse...

belissimo!!!

Tradição Católica disse...

Luminha. É uma grande honra ter meu escrito em seu blog.

Obrigado.

Elaine Figueira disse...

Oi Luma, inspirador e lindo esse poema. Passei para uma visita. Adorei o banho para aura do seu outro blog.

Bençãos sempre,

Elaine

Elaine Figueira disse...

Oi Luma, inspirador e lindo esse poema. Passei para uma visita. Adorei o banho para aura do seu outro blog.

Bençãos sempre,

Elaine

Elaine Figueira disse...

Tem selinhos para você de presente,
Passe no meu blog.

Abraços,

Elaine