Luma Elora Aislin

Luma Elora Aislin
Sabá de Ostara

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Ensinamentos Orientais.



O Buda estava um dia no jardim de Anathapindika, na cidade de Jetavana, quando lhe apareceu um Deva (espírito da natureza) em figura de brâmane e vestido de hábitos brancos como a neve, e entre ambos se estabeleceu o seguinte "duelo":O Deva: - Qual é a espada mais cortante?Ao que Buda respondeu: - A palavra raivosa é a espada mais cortante. - Qual é o maior veneno? - A inveja é o mais mortal veneno. - Qual é o fogo mais ardente? - A luxúria. - Qual é a noite mais escura? - A ignorância. - Quem obtém a maior recompensa? - Quem dá sem desejo de receber é quem mais ganha. - Quem sofre a maior perda? - Quem recebe de outro sem devolver nada é o que mais perde.- Qual é a armadura mais impenetrável? - A paciência. - Qual é a melhor arma? - A sabedoria. - Qual é o ladrão mais perigoso? - Um mau pensamento é o ladrão mais perigoso. - Qual o tesouro mais precioso? - A virtude. - Quem recusa o melhor que lhe é oferecido neste mundo?- Recusa o melhor que se lhe oferece quem aspira à imortalidade. - O que atrai? - O bem atrai.- O que repugna? - O mal repugna. - Qual é a dor mais terrível? - A má conduta. - Qual é a maior felicidade? - A libertação. - O que ocasiona a ruína no mundo? - A ignorância. - O que destrói a amizade? - A inveja e o egoísmo. - Qual é a febre mais aguda? - O ódio. - Qual é o melhor médico? - O Buda. O Deva então faz sua última pergunta:- O que é que o fogo não queima, nem a ferrugem consome, nem o vento abate e é capaz de reconstruir o mundo inteiro?Buda respondeu:- O benefício das boas ações.Satisfeito com as respostas, o Deva, com as mãos juntas, se inclinou respeitosamente ante Buda e desapareceu.*****Entendo Que podemos aprender com todas as religiões e filosofias.AS CULTURAS ORIENTAIS; são milenares e têm muito a nos ensinar sobre espiritualidade, práticas e valores da Religião Eterna.

5 comentários:

Ana Karina Fainascki Panzoni disse...

Olá!!! Bruma,

Te encontrei por acaso. Adorei seu blogger, por isso te linkei. Vou estar te visitando sempre que estiver na internet. Quando tiver um tempinho, me visita, comente.

Beijinhos,
Karina.

Luma Elora Aislin disse...

Olá Ana Karina!

Muito grata, volte sempre...deculpe sou meio lerda como faço para entrar em conteto contigo, rsrsrsrsrsr


Tenho sempre esse problema com quem comenta em meu blog......

Beijossssssssssss

Betty Branco Martins disse...

.______querida Luma



PARABÉNS!



por este "espaço" tão diferente



voltarei se não se importar:=)



____________///






beijO_____ternO

A amiga das fadas disse...

Concordo com você em gênero, número e grau msinha amiga, podemos aprender muito com a cultura oriental.
Bela postagem, eu te agradeço por ela.
Um suave bater dasas

Ainda em fase de criação disse...

ola Luma! encontrei seu blogpor acaso tbm. adorei esse texto, em especial a pergunta "Qual é a maior felicidade? - A libertação".
É isso que estou procurando na minha vida! Queria te pedir um favor, como bruxa mais experiente, ja que onde moro nao conheço nenhuma... Tenho estudado a Wicca e me apaixonei pela religiao, é simplesmente tds os meus conceitos!! porem ha algo que esta me segurando na decisão de estudar a Wicca a fundo, a fim de me tornar uma: eu nao consigo crer na divindade criadora e mantenedora na forma duoteista de Deus Cornudo e a Deusa tríplice!
Me parece muito sensata essa definição, porem fé nao se baseia em sensatez certo.. entao eu gostaria de saber como foi seu contato com os deuses que te deu a convicçao que eles existem dessa forma, e alguma dica que vc possa me dar pra que eu possa ter uma experiencia com eles!
Me falta apenas isso para crer que a Wicca é o melhor caminho pra mim, pois n qro entrar sem ter fé nos deuses, que eh o principal!
Obrigada! Bjos